Colunas

#Cores | Os 7 tons de vermelho

O vermelho talvez seja o tom mais importante no cinema.

O departamento de cenografia não se restringe a trabalhar o cenário de fundo. Ele também conversa com figurinistas, maquiadores, hair stylists, fotógrafos, dentre muitos outros profissionais. O conjunto é que se transforma no que entendemos hoje como cinema. E a partir disso, podemos observar como as cores, presentes em tantos departamentos, pode ser tão necessária para construção de cena e personagem.

1. O tom de poder

Vermelho sempre representou poder. Força, prestígio, dinheiro, fama. Em situações como essas, ele pode ser encontrado em antagonistas, anti heróis, personagens em geral que utilizam o poder de forma egoísta, egocêntrica e inconsequente. O uniforme dos assaltantes de La Casa de Papel (2017) não são vermelhos por acaso.

Resultado de imagem para la casa de papel

2. O tom de raiva

Personagens que possuem dificuldade em controlar a raiva também costumam estar envoltos a tons de vermelho. Não necessariamente em situações de raiva, mas a todo o momento, pois trata-se de caracterização da personagem. Em Spiderman – Homecoming (2017), por exemplo, há uma cena em que a luz vermelha do semáforo incide no Abutre (Michael Keaton). Isso acontece quando ele interroga Peter (Tom Holland), e tem a certeza de que ele é o homem-aranha.

Sem Título-1

3. O tom de sedução

O cinema sempre usou o vermelho como sinônimo de exaltação feminina. Desde os princípio do cinema colorido, as mulheres poderosas e atraentes vestem vermelho em inúmeras ocasiões. Em Moulin Rouge (2001), o vermelho é exagerado justamente por ter como cenário principal um cabaré.

Resultado de imagem para moulin rouge kiss scene

4. O tom de violência

Cenas como essa, de O Iluminado (1980), são aparentemente inofensivas. Uma criança num velotrol. Mas não se enganem! A criança está de vermelho. O tapete tem círculos vermelhos. O guidão do velotrol tem vermelho. A parede tem dispositivos vermelhos. Alguma coisa está para acontecer, logo, logo.

Resultado de imagem para filme de terror classico

5. O tom de luxúria

Em Neon Demon (2016), nós temos a exposição do mundo sexual de Los Angeles. O vermelho está aí para representar a prostituição moral que os artistas são submetidos ao se aventurarem na famosa “la la land machine”.

Resultado de imagem para neon demon make up

6. O tom de classe

O vermelho também é sinônimo de classe, aristocracia, erudição. Quando Vivian (Julia Roberts) deixa de ser uma prostituta para se tornar uma “moça de classe” em Uma Linda Mulher (1990), podemos notar a sutil diferença do vermelho em seu vestuário. Antes, vermelho vibrante. Depois, vermelho suave.

Imagem relacionada

7. O tom de delírio

O último, mas não menos importante, é o vermelho tom de delírio. Em O Clube da Luta (1999), temos Tyler Durden (Brad Pitt) representando a alucinação do narrador protagonista. Em quase todos os momentos, a luz vermelha circunda ambas as personagens, mas, principalmente, Tyler.

Resultado de imagem para brad pitt el club de la pelea

Bônus: Tom Netflix

Depois dessa lista, dá pra ter uma ideia de como uma simples locadora de filmes se transformou nesta grande potência do mercado audiovisual.

Resultado de imagem para netflix logo

Anúncios

2 respostas »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s