Colunas

O Krav Magá No Cinema

Pouco falada no cinema, o Krav Magá é uma técnica de defesa pessoal que está presente em vários filmes. Nessa coluna, você saberá quais são eles.

Quando se pensa em lutas no cinema, geralmente o que vem à cabeça são filmes sobre – ou que tenham cenas de – caratê, boxe, dentre outras lutas; no entanto, o cinema possui uma gama imensa de utilizações de outros estilos em vários filmes. Dentre esses estilos, destacamos o chamado Krav Magá, ou, como muitos chamam, luta israelense. Ele tem esse nome por ser um sistema de combate corpo a corpo desenvolvido em Israel, envolvendo técnicas de luta, torções, defesa contra armas, bastões, facas, agarramentos e golpeamentos.

Abaixo, temos alguns exemplos de filmes que abordam o Krav Maga:

COLATERAL (MICHAEL MANN, 2004)

Resultado de imagem para collateral movie

Colateral é um thriller de ação neo–noir cuja história envolve um assassino de aluguel chamado Vincent (Tom Cruise), o qual obriga um taxista chamado Max (Jamie Foxx), sob ameaça de morte, a leva–ló a uma jornada por Los Angeles – onde ele terá de matar cinco pessoas que são testemunhas cruciais em um caso contra um poderoso traficante de drogas, interpretado por Javier Bardem.

Colateral, junto com Fogo Contra Fogo (1995) a obra–prima máxima de Michael Mann; não apenas pelo incrível roteiro de Stuart Beattie, que traça um retrato perfeito de Los Angeles e de qualquer cidade grande, construindo de forma exata toda a Krav Magá, para desenvolver as suas solidão, opressão e o senso de isolamento que esses locais transmitem – além de também fazer um poderoso estudo de personagem, que explora cada nuance e complexidade das suas personagens principais, tendo incutida a relação que se desenvolve nessa jornada interessantíssima e existencial; também não é apenas pela direção precisa de Michael Mann, que tem total domínio da mise-en-scéne, impressionando nas suas cenas de ação e também em como conduz todo o senso de tensão que levam a essas cenas, inclusive nas cenas mais introspetivas e nos momentos que eles passam com movimentos de câmeras de Mann esplêndidos.

Somos levados para a fotografia, já que também não é apenas a fotografia de Paul Cameron e Dion Beebe – que é notável não apenas por ser brilhantemente bem feita, mas também pelo impressionante uso de câmera digital que o filme faz, tornando Colateral um exemplo de como se trabalhar com luz. O estilo visual do filme casa perfeitamente com a mensagem claustrofóbica da cidade grande que o filme quer passar, sem que isso fique como uma desculpa para ele ser feio. Pelo contrário, é um uso fascinante e que contribui para a narrativa do filme, fazendo com que todos esses elementos, que poderiam não funcionar juntos, funcionem com precisão.

O filme é a obra-prima também pela entrega. Entrega essa dos atores em participações especiais e ótimas, como Javier Bardem e Barry Shabaka Henley, mas principalmente do seu ator principal: Tom Cruise. Ele está fantástico em um papel totalmente fora da sua zona de conforto e em uma das melhores interpretações da sua carreira (talvez a melhor), retratando uma personagem tão poderosa quanto triste de forma intensa, assustadora e carismática.

Essa interpretação se deve muito à entrega física que Cruise deu para o papel. Exigiu toda a força corporal do ator em sua atuação, e ele executou. Incentivado e acompanhado pelo próprio diretor Michael Mann, ele teve um intensivo treino de Krav Magá durante três meses. E, na hora de mostrar o uso dessa técnica no filme, não decepciona – já que a cena de ação em que o personagem de Cruise usa o Krav Magá como contra–ataque e para desarmar um oponente é tão intensa quanto impressionante, pelo senso de realismo e verossimilhança.

007 – CASSINO ROYALE (MARTIN CAMPBELL, 2006)

Resultado de imagem para casino royale krav maga

Um dos melhores filmes de James Bond, Casino Royale, retratando a primeira missão do espião, não foi apenas responsável por apresentar o James Bond de Daniel Craig, como também reinventar a franquia. Ele traz uma abordagem de cenas de ação mais intensa e realista, vindo dos filmes da cine série Bourne, mas levando para um nível extremo em níveis de qualidade. Casino Royale apenas não apenas consegue ser um filme de ação e espionagem extremamente envolvente e interessante, mas consegue trazer uma abordagem própria, sombria e bastante inteligente do personagem Bond, vivido por um ótimo Daniel Craig.

Assim como Tom Cruise em Colateral e mais ainda, inclusive, a parte física é extremamente necessária para a atuação de Craig no filme. Ele faz um excelente uso do Krav Magá e das suas habilidades tanto nesse quanto nas continuações, que vieram um pouco depois. O ator treinou com Darren Levine, um americano que é referência no Krav Magá, para desenvolver as suas habilidades nessa técnica. Ao ver as maravilhosas sequências de ação do filme, fica claro o uso que Craig faz da luta em combates corpo a corpo.

NO LIMITE DA MENTIRA/A GRANDE MENTIRA (JOHN MADDEN, 2010)

Imagem relacionada

Remake de um filme israelense, No Limite da Mentira/A Grande Mentira é um thriller minimamente bem feito e eficaz sobre uma equipe de agentes israelenses tentando capturar criminosos nazistas, e as consequências disso anos depois. Estrelado por Jessica Chastain, Helen Mirren, um surpreendentemente bom Sam Worthington, Ciaran Hinds, Marton Csokas e Tom Wilkinson, tanto Chastain quanto Worthington passaram por um treinamento de Krav Magá para retratar as cenas das suas personagens em combates.

A própria Chastain disse que treinou durante quatro meses. As cenas de ação e de luta, inclusive, são um dos pontos altos do filme, onde fica claro que o treinamento valeu a pena.

 

Outros filmes como Missão Impossível – Protocolo Fantasma (Brad Bird, 2011), a série de filmes Busca Implacável (Pierre Morel e Olivier Megaton, 2009, 2012 e 2014), Desconhecido (Jaume Collet-Serra,2011) Salt (Phillip Noyce, 2010), Diamante de Sangue (Edward Zwick, 2006), Menina de Ouro (Clint Eastwood, 2004) e Nunca Mais (Michael Apted, 2002) também fazem algum uso do Krav Magá. Em Menina de Ouro, por exemplo, apesar do filme falar de boxe, Hilary Swank treinou Krav Magá. Se você se interessou e quer ir atrás do uso de Krav Magá no cinema, esses filmes citados são uma ótima pedida tanto para se ver o uso dessa técnica nos filmes e também porque os primeiros exemplos são excelentes filmes. Vale á pena.

Ficou curioso pra saber mais sobre Krav Magá, se interessou e quer até aprender a lutar? Temos abaixo uma entrevista que o Mestre Kobi deu para a Academia Krav Maga.

Anúncios

Categorias:Colunas

Marcado como:, ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s