Colunas

#LoveStory | As 12 melhores comédias românticas para assistir no dia dos namorados

19927811.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Chegou o momento mais apaixonante do ano! Estão preparados para esta explosão do amor? Peguem seus morangos cobertos de chocolate e se posicionem debaixo das cobertas, pois já vamos começar!

A comédia romântica foi criada a partir da junção de dois gêneros cinematográficos, a comédia e o romance, e é um dos sub-gêneros da sétima arte mais diferentes que há. Diferente dos outros subsequentes, quanto mais clichê for o enredo principal, mais apaixonante a obra se torna – obviamente, junto a este toque especial, há a extrema necessidade de um bom desenvolvimento da narrativa, porque pode acabar tornando-se mais uma obra chata e monótona.

Em comemoração ao dia dos namorados, nós separamos exclusivamente para vocês uma lista com as melhores comédias românticas para ver nesta data do amor.
Podemos começar?

 

A Proposta (2009)

a_proposta_2009_f_018
Dirigido por Anne Fletcher, A Proposta está no ranking das melhores comédias românticas protagonizadas por Sandra Bullock. E não teria como não ser: imagine que uma das editoras mais poderosa dos Estados Unidos não consiga se naturalizar no pais e corre o grande risco de ser deportada; agora acrescente uma pitadinha do assistente que não suporta a sua chefe mal-encarada, porém aceita fingir um casamento com ela, salvando-a de ser deportada – tudo para sua obra ser publicada. Mega clichê, não é? Porém, depois de ver a primeira vez, a vontade de repetir a dose aumenta!

 

Simplesmente Acontece (2014)

491144.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx

Abram alas para a melhor interpretação de Lily Collins! Simplesmente Acontece é uma adaptação de um livro de mesmo nome, dirigida por Christian Ditter, e é extremamente apaixonante do início ao fim. Rosie (Lily Collins) e Alex (Sam Claflin) são melhores amigos desde a infância; porém, após algumas reviravoltas, eles percebem o quão loucos um pelo outro eles são. Um outro clichê que é impossível não amar!

 

Uma Linda Mulher (1990)

tumblr_oo4831Dj2L1uzomqmo1_1280
A obra que se transformou Pretty Woman, de Roy Orbison, em um dos maiores clássicos da cultura pop internacional. Não existe enredo mais previsível que este, mas o charme narrativo de Uma Linda Mulher é exatamente isso. O empresário bilionário que se apaixona pela prostituta – mais clichê impossível. No entanto, misture um bom e velho plot com um desenvolvimento maravilhoso de narrativa e, junto a isso, acrescente duas pitadas da brilhante atuação de Julia Roberts: o resultado será uma mágica fórmula de amor que lhe fará suar pelos olhos!

 

10 Year Plan (2014)

MV5BOGMxNzU4MjQtZDU2Yi00YWE1LTg1NjEtYWUxYjU2NzU2ZDFhXkEyXkFqcGdeQXVyNzI0MTk0OTQ@._V1_
Junho é o mês da visibilidade LGBT e é claro que o Sessão das Três não poderia deixar de fora uma das melhores comédias românticas LGBT. Mesmo que o plot principal seja banhado em apostas e propostas, a narrativa é bem desenvolvida, um fator que torna a obra cativante. É praticamente impossível não se apaixonar pelo clássico “se em 10 anos eu e vocês não estivermos em um relacionamento duradouro, nós iremos ficar juntos”.

 

De Repente 30 (2004)

tumblr_odeur2iFl81vbyg2go1_1280
De Repente 30 é um dos maiores clássicos de comédias românticas adolescente, mesmo que boa parte da narrativa não seja representada por um casal na adolescência. Além do bom e velho clichê melhor amiga se apaixona pelo melhor amigo, há um bom desenvolvimento da questão “nem tudo que você quer é o melhor para você, e o futuro vai te mostrar isso”.

 

Como Perder Um Homem em 10 Dias (2003)

126233.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
O famoso clássico com aposta que todo mundo ama! Andie (Kate Hudson) é uma jornalista que precisa entregar uma matéria diferente: “Como perder um homem em 10 dias”. O escolhido para embasar sua matéria é o publicitário Ben (Matthew McConaughey), entretanto o que ela não sabe é que o publicitário fez uma aposta com duas colegas de trabalho sobre como conquistar uma mulher em 10 dias. A obra é engraçada e romântica, o que a torna uma ótima pedida para qualquer dia dos namorados.

 

Com Amor, Simon (2018)

1284506.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Não poderíamos deixar este de fora da lista, principalmente no mês de junho. Com Amor, Simon é uma adaptação do livro homônimo da psicóloga Becky Albertalli. O filme aborda questões sociais super importantes e é excelente para comemorar o dia do amor. Impossível não se encantar e chorar com a narrativa desta obra, peguem os lencinhos!!!!

 

Um Lugar Chamado Notting Hill (1999)

387102.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
O dono de uma livraria e uma atriz de sucesso irão viver uma linda história de amor. Clichê, não é? Ainda assim, Julia Roberts e Hugh Grant estão apaixonantes neste clássico. Apesar da típica narrativa homem comum se encanta pela atriz famosa, a narrativa é eletrizante e encantadora.

 

10 Coisas que Eu Odeio em Você (1999)

tumblr_nwd803Dhnf1u760n4o1_1280
10 Coisas que Eu Odeio em Você é uma releitura contemporânea da obra Megera Domada, de Shakespeare. A obra é um tipo clássico: eles são diferentes, eles se odeiam, mas se apaixonam no final. Além da narrativa ser encantadora, ainda dá para matar a saudade eterna de Heath Ledger.

 

Nunca Fui Beijada (1999)

tumblr_p9azndwQd81v5e4kpo2_1280
Imagine uma jornalista que precisa escrever uma matéria sobre adolescentes no ensino médio e, para realizá-la, a mulher irá disfarçar-se de estudante. No entanto, ela não contava com a possibilidade se apaixonar por um dos professoras da escola. O filme é engraçado, fofo e te faz suspirar com a cena final.

 

O Melhor Amigo da Noiva (2008)

418966.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
O Melhor Amigo da Noiva é o mesmo típico melhor amigo que vai se apaixonar pela melhor amiga. O empecilho seria o fato dela estar noiva e, como se isso não bastasse, ela o chama para ser uma das “madrinhas” de casamento. Um filme bem Sessão da Tarde, não é? É exatamente isso que o torna tão apaixonante.

 

Amizade Colorida (2011)

19927811.jpg-r_1920_1080-f_jpg-q_x-xxyxx
Para fechar com chave de ouro, abram alas para este clássico de Justin Timberlake e Mila Kunis. Dois amigos, cansados de seus relacionamentos frustrados, resolvem desistir de encontrar o par perfeito – e, assim, eles acabam entrando num acordo onde só sexo é permitido. Está terminantemente proibido a entrada de sentimentos – será?

 

Não há nada melhor que relaxar ao lado dx amadx, estando debaixo de um cobertor quentinho e com ótimas opções de romance na tela. Feliz dia dos namorados para todxs!!!

Anúncios

Categorias:Colunas

Marcado como:, , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s