Colunas

O descaso do Oscar com a direção de arte de Harry Potter

Mesmo sendo uma das maiores franquias do século XXI, o Oscar ignorou até o último momento a qualidade da direção de arte da produção britânica.

Resultado de imagem para harry potter golden trio

O maior clássico literário inglês das últimas décadas conquista fãs ao redor do mundo até hoje, seja através dos livros ou dos filmes. A saga cinematográfica que transformou Emma Watson numa das queridinhas de Hollywood teve a sua última produção lançada há quase sete anos, no dia 15/07/2011 – e este dia marcou a última possibilidade da Academia reconhecer a qualidade da arte do mundo bruxo.

Fato que é realmente uma lástima, pois cada detalhe, desde Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001) até Harry Potter e as Relíquias da Morte – Parte 2 (2011) foi pensado com todo o cuidado de manter os cenários, os figurinos e todos os outros detalhes fiéis às descrições feitas na literatura.

Hogwarts-dh2

O castelo de Hogwarts passou por um processo de produção que demorou meses para ficar pronto. Foram feitos 3 projetos: um pequeno, que deu uma ideia geral de como ficaria o resultado final; um de tamanho médio e o último no tamanho original, onde as gravações foram realizadas. Não há nada mais mágico do que assistir A Pedra Filosofal e se encantar com cada detalhe perfeito da escola dos sonhos de toda criança nos anos 2000. É de cortar o coração saber que o Oscar 2002 fechou os olhos para esta perfeição artística.

Partindo para o mundo trouxa, a casa dos Dursley no primeiro filme foi gravada na Rua dos Alfeneiros; no entanto, após um pedido dos moradores, os cenógrafos tiveram que recriar a casa dos tios trouxas no estúdio Leavesden. Cada detalhe dos móveis e cores utilizadas foram pensadas no intuito de manter as características dos Dursley presentes em todos os cantos do cenário. A cenógrafa Stephanie Craig pensou em móveis ilustrados e em estofados de fibra acrílica e com cores horríveis, por exemplo, quando esquematizou a casa de Tia Petúnia.

O Beco Diagonal também foi construído em estúdio – menos as cenas do Banco Gringotes, que foram realizadas na Australia House, em Londres – e a ideia da figurinista Judianna Makovsky e dos diretores de arte Stuart Craig e Stephanie McMilian era de passar a ideia do beco bruxo ser a cidade das esmeraldas e Harry Potter ser o único diferente em todo o cenário; uma ideia que deixa à mostra o sentimentalismo presente ao lermos pela primeira vez o livro número um da saga.

O diretor mexicano Alfonso Cuarón trouxe à equipe de Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban (2004) a renomada figurinista Jany Temime, que foi responsável pela mudança do uniforme da escola de magia. Ele passou de uma roupa com aspectos infantis para um tom mais maduro, e esta mudança entrou para fechar o ciclo do amadurecimento da narrativa em relação aos dois primeiros filmes.

poa017

Talvez a pior decepção dos fãs da literatura de J.K.Rowling com Academia tenha sido quando Craig e McMilian não receberam o prêmio de “Melhor Direção de Arte” por Harry Potter e o Cálice de Fogo (2005), que é, de longe, a produção bruxa que mais merecia, mediante todas as outras indicações da saga de Hogwarts.

Desde os figurinos utilizados por Fleur Delacour (Clémence Poesy) até os elementos do Torneio Tribuxo: tudo foi pensado em prol de manter o valor artístico em alta. Diferentemente do pensamento da maioria, os dragões da primeira tarefa foram feitos à base de maquiagem, sem nenhum uso de efeitos gráficos, um fato que deu todo um charme visual às cenas.

05

O encantamento da mágica se quebra e dá voz para uma decepção marcante ao pensar que a Academia nunca deu o devido valor a cada mágico detalhe pensado na direção de arte da saga, o que talvez mostre uma indelicadeza na percepção do que significa ao todo o mundo cinematográfico de Harry Potter.

Anúncios

Categorias:Colunas

Marcado como:, , ,

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s