Música

Sessão Musical | Everything Now

A Arcade Fire traz críticas à atuação do mercado de consumo sobre os hábitos sociais em um clipe bem gostosinho.

Everything Now, nome da faixa título do último álbum da banda canadense de indie pop, sintetiza em uma única música/videoclipe todo o conceito que percorre o álbum: a imediatização da vida e a corporativização das coisas como resultado do advento do capitalismo contemporâneo.

Em cenas de dar inveja a qualquer comercial de multinacional misturada a uma batida bem pop, na introdução do clipe a gente explora a sensação de liberdade: você na imensidão do azul celeste, viajando por campos limpos; a estrada sendo toda sua pra viajar e um carro largado no meio da estrada; e uma criança sentindo tudo o que pode sentir (porque ser criança é, de fato, ser livre) sob um Sol que te oferece o mundo.

Aposto que você já viu algum anúncio parecido com esse, no qual uma empresa tenta te enfiar goela abaixo seu produto com algum vídeo bonitinho. Mas é justamente nesse ponto em que o clipe começa a se transformar, porque homens engravatados carregando maletas e cientistas portando trajes à prova de radioatividade são inseridos, como elementos que se certificam de que está tudo como a Everything Now Corp. deseja – sendo essa empresa aquela que controla o mundo (a Coca-Cola no universo do clipe, a gente pode dizer).

Captura de Tela (12)

Finalmente, quando a banda se apresenta não é de impressionar que em um cenário real de deserto, eles usem uma montanha falsa, para deixar bem claro: eles enganam a gente. E os reflexos de uma cultura de conteúdo infinito, repetido (eu tô olhando pra você, Netflix), fidelização à marcas, que faz a gente acreditar possuir tudo, enquanto, na verdade, o mundo gira e o nada é aquilo que toma forma real.

Tudo isso pode ser mais profundamente capturado na letra, que diz: “todo garoto fala a mesma coisa”, “eu não consigo viver sem ter tudo agora”, “papai, por que você nunca está por aqui?”, ou até mesmo “cada pedaço do meu coração está preenchido com algo que eu nunca vou começar”, além de narrar diversas outras cenas que resultam desse processo de captura mental pelas grandes corporações. No final do clipe, a Everything Now Corp. queima, para eles saberem – e a gente também – que o poder é nosso.

O Arcade Fire não só lançou uma faixa, mas um álbum inteiro recheado com esse tipo de reflexão. Embora em Everything Now nem todas as músicas sejam tão legais assim, tem muita coisa bacana que vai te fazer pensar duas vezes antes de jurar lealdade a alguma marca! É mais uma obra numa discografia que traz temas muito interessantes, como a afirmação social das minorias em We Exist, ou o sentimento de pertencimento e nostalgia em The Suburbs.

Confira Everything Now logo aqui embaixo!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s