Colunas

Sessão Psicologia | O Transtorno de Personalidade Borderline em Garota Exemplar

Amy Dunne (Rosamund Pike) é um retrato psicológico fiel do Transtorno de Personalidade Borderline.

normal_RMPO-_GONEGIRL2014-0022

Garota Exemplar (2014) foi um terror psicológico dirigido por David Fincher, responsável pela direção de Seven – O Sete Crimes Capitais (1995). E foi uma adaptação do livro de mesmo nome da autora americana Gillian Flynn. A obra garantiu um Oscar de melhor atriz á Rosamund Pike em 2015, após a sua brilhante atuação como Amy Dunne, principalmente por ter evidenciado com maestria os comportamentos da personagem.

A narrativa da produção de 2014 evidencia uma mulher com um medo intenso de abandono e aborda também, com clareza, uma raiva extremamente inadequada após a percepção de que seu marido, Nick (Ben Affleck), a traía. Ou seja, fica evidente, a partir do roteiro de Flynn, que os comportamentos de Amy Dunne (Rosamund Pike) assemelham-se com os comportamentos de um Transtorno de Personalidade conhecido como Transtorno de Personalidade Borderline.

gone2-1024x404-1024x404

De acordo com o Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais – DSM V, O Transtorno de Personalidade Borderline é um padrão de instabilidade nas relações interpessoais, da autoimagem do sujeito, dos afetos e da impulsividade, que surgirá no início da fase adulta. Os sintomas típicos de um quadro de Borderline são: esforços desesperadores para evitar o abandono, seja ele apresentado de uma forma real ou imaginada; os relacionamentos interpessoais são instáveis e intensos, onde há a presença de uma alternância entre os extremos de uma idealização e de uma desvalorização; Impulsividade; Comportamentos ou ameaças suicidas; sentimentos intensos de vazio; Raiva intensa e inapropriada.

O termo Borderline evidencia que o sujeito que apresenta tais comportamentos está entre a linha da Psicose e da Neurose, ou seja, não se apresentam apenas como um dos dois, pois apresentam características das duas estruturas clínicas da Psicanálise.

normal_RMPO-_GONEGIRL2014-0029

Durante a linha narrativa de Garota Exemplar percebemos algumas semelhanças dos comportamentos de Amy com o quadro Borderline. Um deles seria o medo absurdo de ser abandonada por Nick, quando ela começa a perceber que o marido não sente mais nenhum afeto por ela, Amy realiza o seu caminho para a desvalorização. Durante o início do relacionamento com Nick Dunne, amy o idealiza como o homem perfeito e a partir do primeiro contato já demonstra um medo absurdo de perdê-lo.

Porém, o relacionamento entra em desgaste pelos acontecimentos sócio-ambientais presentes naquele momento e o personagem de Ben já não demostra sentir o mesmo pela esposa, passando a traí-la com uma moça mais jovem. Quando Amy descobre a traição, o sentimento de idealização, rapidamente, torna-se um sentimento de desvalorização, ao ponto de sentir vontade de acabar com a vida do homem, planejando uma fuga, caracterizada de assassinato, para que seu marido fosse visto como o seu assassino.

normal_RMPO-_GONEGIRL2014-0070

Essa desvalorização passa torna-se uma idealização extrema, quando ela assiste Nick dizendo que a ama em rede nacional. E, por isto, ela faz de tudo para provar a inocência de Dunne. Para isto, Amy mata o seu ex-namorado Desi Collings (Neil Patrick Haris) e depois o acusando de sequestrá-la. Obviamente, que Amy manipula toda este cenário por ter voltado a idealizar Nick Dunne como o homem perfeito. Porém, o medo de ser abandonada pelo esposo volta a ficar evidente, quando ela ameaça destruir a vida de Nick novamente, caso ele pense em deixá-la.

Garota Exemplar é uma representação típica dos comportamentos do Transtorno de Personalidade Borderline e a atuação de Rosamund Pike deixou isto ainda mais evidente, com o seu jogo incrível de expressões.

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s