Filmes

Crítica | It, a Coisa: Capítulo 2

Dois anos após a estréia do capítulo um, o terror de Stephen King se eleva a um novo nível psicológico, que aborda dessa vez os traumas não resolvidos dos mesmos personagens, agora na fase adulta de suas vidas.

MV5BOTdiYzIxYzUtOTYyMi00MjZlLWIxMjUtY2RmZTFhOTFkNjQzXkEyXkFqcGdeQXVyNjg2NjQwMDQ@._V1_SY1000_SX1500_AL_

Quando Mike (Isaiah Mustafa) percebe as estranhas ocorrências em Derry, passados 27 anos dos incidentes de quando era criança, ele liga para seus amigos de infância, com os quais fez um pacto de sangue ao final do primeiro filme. Beverly Marsh (Jessica Chastain), Bill Denbrough (James McAvoy), Richie Tozier (Bill Harder), Ben Hanscom (Jay Ryan), Eddie Kaspbrack (James Ransone) e Stanley Uris (Andy Bean), recebem ligações que mudam o percurso de suas vidas mais uma vez.

A gangue dos “otários”, como se autodenominaram na infância, não lembra os motivos pelos quais se uniram naquele verão, It fez com que esquecessem as catástrofes, sem deixar que os traumas escapassem de seus pesadelos. Ao se reunirem, revivem as memórias e descobrem que precisam matar a Coisa através de um ritual tribal.

MV5BMzVlOWFlOWYtNzdiNy00Y2Q2LWI4ZjgtNjQ4ZmZiODc3MzllXkEyXkFqcGdeQXVyNjczOTE0MzM@._V1_SX1499_CR0,0,1499,999_AL_

Assim, os amigos precisam juntar os artefatos que guardaram de suas infâncias naquele verão para destruir a Coisa, o que faz com que revivam inúmeros momentos de angústia e sofrimento ao terem que voltar aos locais que lhes causaram tanta dor. Há ainda a manipulação de It sobre eles, que transforma suas visões em hostilidades que os assombram até o momento atual.

O público é sempre remetido a momentos nostálgicos do primeiro filme, lembrando de personagens marcantes, como o pequeno George, primeira vítima do palhaço e irmão mais novo de Bill, que se estabelece na conexão da personagem com uma criança que, agora, ocupa sua antiga casa.

MV5BYzc0NTU5YTEtMTQ3ZC00YWRjLWJjYjMtZDg1MTQ1MzYzZjVkXkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@._V1_SY1000_SX1500_AL_

O roteiro leva o espectador para um caminho diferente, trabalhando com as partes psicológicas afloradas das personagens. Vemos aqui que os fatos de suas infâncias se repetem; casamentos causados por traumas, a gagueira de Bill voltando quando o homem sente a presença que levou seu irmão novamente, ou Beverly, ainda assombrada pela figura de seu pai mesmo após 27 anos.

A escolha de elenco foi feita a dedo: as personagens são extraordinariamente parecidos com suas versões crianças não apenas na maquiagem, como também em seus trejeitos e modos de falar. Além disso, adquire-se uma nova substância para cada formação de personalidade, tendo como exemplo, Richie, que torna-se alcoólatra ao envelhecer.

Alguns problemas ressaltam-se na continuidade do filme, cenas de agressão que exigiriam um maior trabalho da arte, são esquecidas nos planos e cenas consequentes, o que gera uma sensação de descaso. Há também um foco maior em romances e no vínculo do grupo de amigos do que no medo em si, o que pode levar alguns espectadores ao tédio, se esperarem que o filme seja abruptamente assustador.

MV5BNjc0ZTk3MjEtZmY4OC00N2JjLWE0NDAtYzcxOGFiNjkxZGYwXkEyXkFqcGdeQXVyNjQ4ODE4MzQ@._V1_SX1777_CR0,0,1777,925_AL_

Ainda assim, o capítulo dois de It, a Coisa é muito mais do que apenas uma obra de terror. Ele envolve sensações psicológicas e brinca o tempo inteiro com o emocional de seu público, nos entrelaçando em um apego ás personagens que torna a narrativa muito mais crível e próxima de quem assiste o filme.

Dessa forma, é um filme que se perde levemente nos diálogos canastrões, mas se fortalece na construção das bases de seus personagens e na estética impecável, sendo uma das estreias mais esperadas de todo o ano.

O filme entra em cartaz nesta quinta feira (04/09), em todo o Brasil.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s